ACIPG Jovem apresenta Programa Brasil Mais Empreendedor

Iniciativa leva conhecimento empresarial para jovens em situação de vulnerabilidade




"A reunião da Diretoria da Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa recebeu na reunião desta Silvia Ribeiro Nahorne, diretora de Ações Sociais do ACIPG Jovem, que discorreu sobre o Programa Brasil Mais Empreendedor, da Confederação Nacional dos Jovens Empresários (Conaje). O objetivo é buscar parceiros para abrir uma turma de 40 pessoas, para através do empreendedorismo, tirar as pessoas de situações de vulnerabilidade social. Ela estava acompanhada da vice-presidente do ACIPG Jovem, Juliane Lorena Bail Denck e do secretário Guilherme Gabriel Cesco.

De acordo com Silvia, o Programa Brasil Mais Empreendedor é a maior iniciativa empreendedora da história do país e que já conta com o apoio do Sebrae e do Sicoob, ambos em âmbito nacional, entre outras grandes instituições brasileiras. A intenção é levar conhecimento empresarial para pessoas em condições de vulnerabilidade social e auxiliar a abertura e a manutenção destas empresas. Através de uma equipe especializada, com a metodologia ByNecessity, ajuda essas pessoas que já tem uma ideia de negócio e por algum motivo não conseguiu colocar em prática seu sonho, a abrir seu negócio e começar faturar com pouco ou custo zero. Tirando essas pessoas da situação de buscadores de emprego para geradores de emprego.”, disse Silvia, que é coordenadora do Projeto aqui em Ponta Grossa.

Silvia conta que 70% das experiencias realizadas neste método foram bem-sucedidas e que mais de 4 mil pessoas já passaram pelo Projeto, em mais de 170 municípios, o que gerou mais de 3.700 novos negócios. “Estes negócios em média geram cerca de R$ 1.200,00 mensais o que oferece cerca de R$ 60 milhões a mais rodando na economia ao ano”, explica.

Juliane relata que o pacto de cooperação por um Brasil mais empreendedor se trata de uma Cooperação de forças para viabilização do programa que objetiva não somente, impactar mais de 100 mil jovens, de 16 a 39 anos, em situação de vulnerabilidade social, inicialmente com 30 horas presenciais.

“Além disso, o intuito é incubar a empresa por mais três meses e acompanhar por um ano suas iniciativas empresariais garantindo a efetiva concretização de um novo negócio, levando estes jovens ao mercado de trabalho como microempreendedores”, comenta a vice-presidente do ACIPG Jovem.

O Conaje trabalha em parceria com a Agencia Besouro, uma empresa de fomento do Rio Grande do Sul e a meta é nos próximos 18 meses é levar estes conhecimentos para 100 mil jovens brasileiros em 4 mil turmas espalhadas no país.

Motivados pelos resultados, o ACIPG Jovem visa abrir a primeira turma em Ponta Grossa e pediu o auxílio dos diretores para conseguirem parceiros para. Cada turma custa R$ 40 mil e serve para pagar a metodologia da Agência Besouro para o curso e também a incubação. Cesco explica que as empresas do lucro real poderão colaborar e deduzir do Imposto de Renda o que for investido no programa, além disso, ganhará em publicidade como apoiador. “Esperamos que o mesmo sentimento que tocou a gente no ACIPG Jovem, toque os empresários. Não basta dar o peixe, mas sim ensinar a pescar, é o que se propõem o Programa Brasil Mais Empreendedor”, disse o secretário, que lembra que a iniciativa conta com a simpatia do Governo Federal.

Fonte: Diário dos Campos


FICOU COM DÚVIDAS?
0800 799 99 39 . contato@brasilmaisempreendedor.com